Analytics

terça-feira, 4 de maio de 2010

Dicas sobre quilting

Eu me considero uma apaixonada por quilting. Um trabalho de patchwork, na minha opinião, só fica bonito quando está quiltado. Tenho até uma comunidade no Orkut sobre quilting. Não tem muitas informações por lá. É o tipo de comunidade que complementa o perfil, mas quem quiser fazer parte será muito bem-vindo.
Minha paixão maior é pelo quilting à máquina. Abaixo coloco algumas imagens de um quilting que fiz em duas mantas de bebê.
Como analisar um quilting? É simples. Basta observar os padrões, a variação dos motivos e  complexidade do trabalho. Quanto mais variados os motivos, mais diferentes os padrões e mais complexo for a execução, mais valor terá o trabalho.
É preciso observar ainda a tensão dos pontos. A linha da bobina não deve aparecer na parte de cima.
Para quem gosta de variar os motivos de quilting, mas tem dificuldade em decidir o que vai quiltar uma boa dica é observar com bastante atenção os trabalhos de quilters mais avançadas. Outra solução é destinar um caderno para motivos de quilting. Sempre que passar por nossa mente uma ideia é bom registrar no caderno. Quem sabe poderá ser útil no futuro.
Uma característica do quilting livre é que não é perfeito simetricamente. Na sua execução é possível perceber diferenças nos tamanhos dos motivos, mas isso não desqualifica o trabalho.
Andei pesquisando em blogs e sites dos Estados Unidos e descobri que os trabalhos de quilting são cobrados por polegada quadrada acrescido de taxa de complexidade.
Quiltar uma manta de bebê custa no mínimo 55 dólares. O valor do quilting de uma colcha king é estimado em 525 dólares.
Algumas quilteiras nos Estados unidos pedem o pagamento de 50% do valor do quilting antes de iniciar o projeto. Quando o projeto é finalizado, o cliente é avisado do valor restante. Só quanto efetuado o pagamento o quilt é enviado.
Uma curiosidade sobre o quilting à mão é a forma como é cobrado. Nesse caso não se leva em conta a complexidade do padrão, mas a quantidade de linha utilizada. No quilting à mão encontrei uma americana que cobra 1,24 dólar por jarda de fio utilizado.

Para quem vai preparar uma colcha para ser quiltada é bom prestar atenção nos detalhes:
Procure fazer um topo plano, sem ondulações.
Retire todos os fios soltos.
A manta e o forro devem ser de 10 a 15 cm maiores que o topo. Isso dá aproximadamente 5 cm de folga nas laterais.
Use mantas de qualidade e adequada para o tipo de utilidade da peça.
Por enquanto é só. Até a próxima.

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...