Analytics

sábado, 17 de outubro de 2009

Festival de Gramado 2009

Esse ano o Festival de Patchwork e Quilt de Gramado foi especial pra mim. Pela primeira vez participei da Mostra Competitiva.
Foi uma experiência muito gratificante. Recomendo a todos que fazem patch a pelo menos uma vez inscreverem seus projetos no Festival.



Aqui vai uma foto do meu projeto exposto no Festival:







Essa é uma foto da minha filha que digitalizei num programa para ponto cruz disponível na internet. Só depois de procurar por um bom tempo achei um programa nacional que me oferecesse os recursos que eu desejava. O Passo seguinte foi imprimir o gráfico em tamanho natural e colar as folhas na ordem certa.

Essa é a foto do gráfico que usei para fazer a escolha dos tecidos.




Lamentavelmente não tenho fotos de todas as etapas de execução do trabalho. A minha filha, a mesma da foto, pegou a minha máquina e acidentalmente deletou diversas fotos das etapas do trabalho.


Dando continuidade ao projeto passei o gráfico para um tecido que serviu como base e depois comecei a trabalhar na escolha dos tecidos. Precisei de 51 tipos de tecidos diferentes para conseguir o resultado final. Foi um trabalho um pouco demorado, mas o resultado final compensou o esforço.

Nessa foto os quadradinhos foram colocados no lugar, sem retirar o papel do termocolante, apenas para eu ter certeza de que tudo sairia como o imaginado.



Quando achei que tudo estava como imaginado comecei a colar os mais de 2 mil quadradinhos. Um a um no tecido de base.

Nessa foto, uma mostra dos quadradinhos arrumados prontos para serem colados.


 

O tecido de base foi preso no chão com fita adesiva. Nessa foto o reparem no monte de pepel do termocolonte que foram se espalhando ao redor do trabalho, enquanto a imagem ia tomando forma.



A etapa seguinte foi juntar as três partes: o topo, a manta (usei uma de algodão) e o forro. Depois foi a vez de partir para o quilting. Optei por quiltar pequenas flores. Foi uma fase bem demorada, pois a cada mudança de tecido, tinha que mudar a cor da linha.





Mais um detalhe:




Não sei exatamente o tipo de impressão que o meu trabalho causou nas pessoas, mas o meu objetivo foi fazer um trabalho que causasse uma impressão ao ser visto de perto e outra ao ser visto de longe. Muitas pessoas que o viam de perto não conseguiam perceber a imagem, mas percebiam o quilting. Já quem via de longe logo via a imagem, mas não percebia o detalhe do quilting.
Essa técnica é o Mosaic quilt. Para executá-la tive que fazer várias adaptações devido a dificuldade de adquirir o material importado.


Essa aqui é a minha amiga Regina mostrando o detalhe da etiqueta:

Obrigada Regina!

Acho que era isso que pretendia comentar sobre a minha peça.
Abraços e até a próxima.

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...