Analytics

domingo, 10 de dezembro de 2017

Vintage Quilting da Orleia


Decididamente fazer um Vintage Quilting é sempre muito emocionante! Nas duas primeiras peças que fiz, eu senti uma conexão com a pessoa que fez o bordado. Era como se a peça tivesse esperado mais de 40 anos para ser finalizada por mim. Mas dessa vez, a emoção, para minha surpresa foi bem diferente.
Eu achava que seria como finalizar um trabalho, mas a emoção foi outra. A principal diferença é que o conjunto de peças que a Orleia me enviou tinha uma história que podia ser contada, apenas observando as marcas deixadas pelo tempo.
Foram oito peças: um trilho e sete lugares americanos. O conjunto foi um presente dado pela mãe da Orleia e que ela sempre fez questão de usar nos momentos festivos da família dela. Ao observar o trilho pude perceber que mesmo tendo sua utilidade, não foi muito maltratado ao longo do tempo. Já os lugares americanos estavam mais desgastados, apesar de ser possível perceber o cuidado e a determinação de mantê-los sempre bem limpos e em boa forma.
E foi justamente por perceber o quanto a sua dona cuidava deles que eu senti um pouco o peso da responsabilidade em realizar o quilting nas peças. Enquanto que na minha primeira experiência com o vintage quilting parecia que eu estava completando um trabalho, dessa vez parecia que eu estava restaurando uma relíquia familiar!
Para o trilho não tive muitos receios, mas para os lugares americanos, foi um pouco mais complicado. Por terem sidos usados em festas eles passaram por muitas situações difíceis e essas situações deixaram marcas que os fragilizaram. Normalmente eu uso agulha 16, mas nesse caso eu optei por usar uma agulha um pouco mais fina, a 14 e também usei um tecido de forro mais fino para que o ponto do quilting não ficasse desregulado.
O que eu achei mais engraçado nesse trabalho, foi que parecia que as peças falavam comigo. Tinha momentos que eu me pegava imaginando as festas e como essas peças se sentiam felizes e orgulhosas de poderem sair das gavetas para serem exibidas nos momentos de reunião familiar! Parece meio louco, mas foi bem assim...
No centro das peças eu resolvi fazer uma trança de plumas e na borda externa também coloquei plumas, mas dessa vez espelhadas.. Apenas fiz algumas adaptações para que os padrões pudessem ser executados nos dois tamanhos de peças.
Como padrão de preenchimento ao redor dos bordados eu coloquei linhas retas, Mctavisching e bolinhas.
Foi muito gratificante fazer um trabalho com tanta história. Agora as peças estão preparadas para brilharem mais uma vez nas festas de final de ano da minha amiga!
E não posso deixar de encerrar essa postagem sem agradecer a Orleia por confiar em mim para adicionar mais beleza em peças já tão lindas!



Obrigada por sua visita e nós vemos semana que vem!





LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...