Analytics

segunda-feira, 21 de setembro de 2009

Brazilian Embroidery

Já tinha ouvido falar que nos Estados Unidos existe um tipo de bordado tridimensional chamado "Brazilian Embroidery", mas ainda não tinha tido a oportunidade de ver esse trabalho de perto.
Por um acaso do destino, acabou parando em minhas mãos um lindo álbum contendo várias amostras desse tipo de bordado. Como é um trabalho muito bonito, resolvi mostrá-lo.



Esses bordados foram feitos  pela senhora Helena Carmem da Silva, já falecida, mas o seu marido Almeirindo Batista Silva, soube reconhecer o seu valor e os guardou com muito cuidado!

Essa é a capa do álbum:

Os bordados são feitos com a linha "Varicor". Atualmente essa linha não é mais fabricada.

 
Nos Estados Unidos existem grupos na Internet que se reúnem para trocar idéias e divulgar o "Brazilian Embroidery". Esse é um deles.


Esse tipo de bordado é conhecido por "Bordado Brasileiro" porque chegou aos Estados Unidos através do Brasil. Na realidade essa técnica já era utilizada há séculos na Europa, mas foi amplamente difundida pelas bordadeiras brasileiras.


A responsável por tornar o Brasil como referência desse bordado foi a senhora Elisa Hirsch Maia, por volta de 1960. Ela desenvolveu uma linha especial em rayon com cores matizadas (sombreadas) e sólidas.


A primeira vez que ouvi falar no termo "Brazilian Embroidery", foi através da professora de patchwprk Joyce Loss. Em um grupo do Yahoo, ela comentou que uma professora de patch americana, Barbara Broshous, a tinha surpreendido ao afirmar que o bordado brasileiro é muito apreciando em seu país.




Muitos desses pontos são utilizados também nos trabalhos de "Crazy Quilting".




O 12º Festival Brasileiro de Quilt e Patchwork em Gramado, traz esse ano para uma palestra a bordadeira brasileira Sávia Dumont.



O Bordado Brasileiro é também conhecido como bordado dimensional, por apresentar pontos que saltam do tecido, como por exemplo o rococó.


LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...